"A lei é a força colocada a serviço da sociedade para o benefício de todos"
Cesare Beccaria 

CNBB faz reflexão mais branda sobre excomunhão da equipe que fez aborto em criança estuprada

Suas (deles) Eminências, parece que estão sendo iluminados pelo Espírito Santo. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), se manifesta, agora após o clamor da opinião pública, de forma mais “branda” sobre o caso do aborto que envolveu a criança de nove anos que foi estuprada.

‘Excomunhões ligadas ao aborto de PE foram excepcionais’

Sem desautorizar o arcebispo de Recife, membros da CNBB classificam o caso como ‘dramático’

Apesar de terem apoiado a manifestação do bispo de Recife e Olinda sobre a excomunhão das pessoas envolvidas no aborto de uma menina de nove anos, estuprada pelo padrasto, duas autoridades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) destacaram que o caso foi “excepcional” e “dramático”.

Sem desautorizar o arcebispo de Recife, o secretário-geral da CNBB, D. Dimas Lara da Rosa, disse que não considera que os pais da menina, que autorizaram o aborto, estão excomungados. Afirmou ainda que “não há elementos para dizer que qual médico esta excomungado e que qual não está”. Segundo D. Dimas, só estarão excomungados os profissionais “conscientes e contumazes” da prática do aborto.

De Luciana Nunes Leal, de O Estado de S. Paulo

Arquivado em: Comportamento, Direito Penal, Direitos Humanos, Estupro, Exploração sexual, Igreja Católica, Igrejas, Legislação, Pedofilia, Penal, Religiões
Publicado em 13 de março de 2009 às 08:03 por José Mesquita

Termos: , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Comentários

Termos

Leituras Recomendadas

Sites Recomendados

Copyright © 2017 Lei & Ordem. Direitos Reservados.

Tech Blue designed by Hive Designs • Ported by Free WordPress Themes