"A lei é a força colocada a serviço da sociedade para o benefício de todos"
Cesare Beccaria 

 

Eleições 2010: Ministro do TSE defende aberração jurídica

Depois do STF ter rasgado a Constituição Federal ao legalizar o fim da segurança jurídica, eis que surge um ministro do Tribunal Superior Eleitoral propondo regras de censura, próprias de Estados totalitários.

A sugestão de sua (dele) excelência faria a alegria de personas do nível de Hugo Chávez.
O Editor


Em declarações publicadas pelo Valor, edição de 26, o ministro do TSE, Aldyr Passarinho Junior, revoltado com as acusações entre os candidatos, que considera tiroteio eleitoral, cogita de mudanças capazes até de responsabilizar os marqueteiros pelos excessos.

Absurdo total.

Como um jurista pode afirmar uma coisa dessas?

Responsabilizar terceiros pelo que os primeiros falaram?

Não faz sentido. Tampouco censurar qualquer manifestação.

A Carta de 88 veda qualquer tipo de censura.

Pedro de Coutto/Tribuna da Imprensa

Leia também:

Arquivado em: Brasil, Campanhas Políticas, Censura, Eleições 2010, Eleitoral, Legislação, Partidos Políticos, Poder Judiciário, Política, Políticos, Propaganda eleitoral, Tribunais, TSE
Publicado em 28 de outubro de 2010 às 08:10 por José Mesquita

Termos: , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Comentários

Assuntos

Termos

Oferta Imperdível!


Leituras Recomendadas

Sites Recomendados

Copyright © 2011 Lei & Ordem. Direitos Reservados.

Tech Blue designed by Hive Designs • Ported by Free WordPress Themes