"A lei é a força colocada a serviço da sociedade para o benefício de todos"
Cesare Beccaria 

 

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Mulher perde emprego por usar Facebook durante licença médica

Ela dizia estar doente e impossibilitada de usar computadores.
Depois de ‘descoberta’, ela acusa empresa de espionagem.

Alerta de ’status’ do Facebook indicou que funcionária estava conectada

Uma funcionária de uma empresa de seguros suíça foi demitida ao navegar pelo Facebook, no que seus chefes consideraram um “abuso de confiança”.

A mulher, que não teve a identidade revelada, estava afastada do trabalho. Ela dizia que estava doente, precisava de repouso e não poderia utilizar computadores. Horas depois foi “flagrada” na rede social Facebook.

Segundo a companhia Nationale Suisse, isso “destruiu” a confiança que eles tinham na funcionária.

“O abuso de confiança, e não simplesmente a atividade no Facebook, levou à demissão da funcionária”, disse a empresa.

A funcionária se defende, dizendo que estava deitada na cama, e utilizou o Facebook a partir de seu iPhone. Ela acusa a empresa de enviar pedidos de amizade “misteriosos” para espionar seus funcionários na rede social.

A empresa nega as acusações e diz que a atividade da funcionária foi flagrada por um colega em novembro, antes de a rede social ser bloqueada nos computadores do escritório.

do G1

Arquivado em: Direito do Trabalho, Facebook, Internet
Publicado em 29 de abril de 2009 às 08:04 por José Mesquita

Termos: , , , ,

Deixe seu comentário

Arquivos

Comentários

Artigos Recentes

Leituras Recomendadas

Sites Recomendados

Oferta Imperdível!


Mercado Livre


Copyright © 2009 Lei & Ordem. All rights reserved.

Tech Blue designed by Hive Designs • Ported by Free WordPress Themes